Brasileiro está preocupado com a saúde mental

2 min read
Saude Mental

Análise nacional mostra aumento da procura por psicólogospsiquiatras terapeutas ocupacionais em plano de saúde no Brasil mais por causa de estresse emocional e depressão crescente.

Os beneficiários de plano de saúde médico e hospitalares estão realizando cada vez mais procedimentos de assistência à saúde mental. Entre 2013 e 2018, o setor perdeu 1,5 milhão de vínculos, mas o total de serviços de saúde per capita passou de 22,8 para 29,7.

No total, em 2018, foram realizados 1,40 bilhão de procedimentos de assistência médico e hospitalar, 5,4% a mais do que em 2013; o que elevou as despesas assistenciais (os gastos das operadoras de planos de saúde com os pacientes em suas carteiras) de R$ 92 bilhões, em 2013, para R$ 160 bilhões no ano passado.

Os números integram a análise especial do Mapa Assistencial, que acaba de ser publicada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar.
Parte deste aumento na demanda por esses profissionais se deve a maior preocupação do brasileiro com sua saúde mental. Nos últimos cinco anos, o número de consultas com psiquiatras e psicólogos passou de 3,4 milhões para 4,9 milhões, um crescimento de 44,5%, destacando-se entre as consultas médicas ambulatoriais por especialidades.

Saúde Mental

Em outros atendimentos ambulatoriais, o total de sessões com psicólogos quase dobrou no mesmo período, indo de 9,1 milhões para 17,6 milhões – uma diferença de 93,8%.

E as consultas com terapeutas ocupacionais e psicólogos avançaram de 818,6 mil para 1,9 milhão – alta de 137,8%.

Deixe uma resposta